Ora hoje são...

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

Pesquisar neste blogue

terça-feira, 16 de junho de 2009

Questiona-te

Crucificado Ele foi...
Nada nós fizemos...
De braços cruzados ficamos e iremos sempre ficar à espera que o próximo faça....
De volta a casa e ao nosso espaço...deitamo-nos sem dar graças à Vida que nos foi dada naquele dia e pelo céu azul....
Olhando para os nossos umbigos temos a mania que somos Reis e Senhores...
Um momento ao pôr do Sol para nós tão banal....
Do outro lado do mundo pedem apenas uma sopa...
Verde, Amarelo e Vermelho...
Ele é o nosso Deus o nosso vigia, Paz, Juíz e Protector....
Fogo, Chamas, Tempestades, Enxofre, Trovões....
Ricos e Pobres...
Injustiça e Corrupção...
Não há Paz de Alma, não há consciência...
Guerra e Guerra...
Amor? Onde está?
Onde está a nossa chama ancestral? O sorriso...Aquele carinho?
Aquele Sonho do Povo?
Os sorrisos de Criança? Os sete rios cruzando as aldeias?
Os campos de flores?
Brutalidade...
Aquela Terra onde tudo é lindo...
Sim...
A Terra Prometida é um Estado de Espírito

1 comentário:

DonimoPseu disse...

querido já te mandaram a história do barbeiro?

Um dia um barbeiro dizia para um dos seus clientes que não acreditava em Deus, o cliente perguntou a razão pela qual ele não acreditava, e o barbeiro respondeu: Que Deus é esse, que deixa gente a morrer, crianças a morrer, que Deus é esse que não para uma guerra, que não acaba com a fome, a pobreza, as revoltas? Olhamos para esse mundo fora e só vemos dor! Odio!...que Deus é esse?
O cliente não respondeu para não criar confusões nem chatices. Quando saiu olhou à sua volta, viu tudo aquilo que o barbeiro tinha dito, incluindo um velho homem a pedir esmola, tinha umas barbas longas. Ele agarrou nesse homem e o levou para dentro da barberia, olhou para o barbeiro e disse: porque é que não corta a barba a este homem?
- porque esse homem não me procurou, se tivesse procurado eu o faria com todo o gosto...
- isso mesmo - respondeu o homem - as pessoas não vão até Deus, não o procuram! E mesmo estando perto dele não lhe batem à porta pedindo para entrar! Talcomo este pobre homem à sua porta...

Não sei o resto da história, mas é bonita não?


Muitos beijinhos Iuri* gostei deste post