Ora hoje são...

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Essa história aconteceu...

Baixo e bem desenhado era aquele Ser..um ser feminino...
Pés de princesa, pequenos e perfeitos para o belo sapatinho de cristal.
Pernas lindas e brilhantes, comotoda apele do seu corpo...suave edelicada.
Suas mãos pequenas e doces como mel e parece que tudo o que tocava ou agarrava tornava essa mesma coisa em ouro, insenso e mirra.
Sua cara...uma mistura de Humano e animal, algo que nunca tinha visto, não era comum...estranhei, recuei e fuji..mas...olhei para trás pois algo me atraía.
Umas orelhas pequenas...
umas pequenas covinhas por baixo das bochechas faziam daquela beleza algo sorridente.
Para contrastar com tal beleza, um olhar de felino, castanho, rasgado nas pontas e sério, fazia com que eu mantivesse distância e não olha-se de frente. Uns cabelos com volume loiros acastanhados faziam-me sentir na autoridade de poder tocar e sentir. Seus lábios pequenos e rasgados, cor de rosa hipnótizavam qualquer mortal como eu.
Um nariz pequeno e engraçado fazia-me soltar uma pequena gargalhada ao focar o mesmo.
Uma flor no seu cabelo e um colar de pedras da Índia, acalmava a imensa e intensa força física daquele Milagre da Natureza.
As pessoas por onde ela passsava olhavam e comentavam. Nunca olharam de frente para aquele olhar, mas eu senti-me tentado.
Sem medos e perconceitos fui por trás dela...
quando esticara minha mão para tocar no seu ombro, meu corpo aumentou a temperatura e fez-me ganhar força e receio...mas mesmo assim toquei...
Ela cirou-se e derrepente o cenário à nossa volta ficara escuro e apenas à luz duma pequena e moribunda vela, ao cheiro de um insenso, entre pétalas caídas no chão meio iluminado e cores ancestrais, foi quebrado o gelo e um beijo aconteceu, um beijo longo e suave, onde tudo parou para contemplar aquele momento onde a bela beijou o maravilhosamente feio, Monstro.

4 comentários:

tu sabes... disse...

...e que monstro mais lindo (o meu pedacinho de céu)

# Gabriela disse...

está tão lindo!, fogo isto faz-me querer amar perdidamente. tenho que evitar ler textos românticos, ver filmes temperados de romance, e baladas suicidas.
O AMOR, AI O AMOR (...)

jo disse...

LINDO , LINDO, LINDO *
adorei Iuri :)

e aqui não há feio nenhum ;)

incógnita disse...

gostei sim , está muito bonito