Ora hoje são...

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

Pesquisar neste blogue

domingo, 18 de outubro de 2009

Viagens 1.1

Do corpo me saiu algo tão esquisito...uma sensação de algo omisso...parado e tentando dormir, só ouvia vozes na minha cabeça, viajava e via imagens más...só coisas más meu corpo parecia não existir..sentia alguém a chamar-me. Abri os olhos e pensei para mim mesmo "humm é agora...vou dormir", respirei fundo e fechei os olhos...começa um calor a subir no meu corpo e minha cabeça a abrir-se em dois, e vozes entravam e saiam..lembro me de ter uma imagem de eu vestido de preto a vaguear pelas ruas, via pobreza e destruição, mas eu não consegui chegar às pessoas...as lágrimas corriam me no rosto e era tudo escuro e cinzento...
Lembro-me de ir a rezar e a olhar para o chão e as pessoas chamavam-me e gritavam, mas eu segui a meu caminho e não olhava para lado nenhum...coisa estranha...sentia-me vazio...sem poderes...
Sentia que tinha de ir à rua naquele sítio e ver a podridão, ver destruição...
Mas seguia o meu caminho, lembro me de passar por pessoas e elas ficavam a olhar para mim e eu nem desvia o olhar do chão...pouco vento soprava e o cheiro era imundo...
eu não estava gostar de estar ali mas, algo Superior me dizia para ver este cenário com os meus próprios olhos.
Eu tentava fechar os olhos, mas eles estavam abertos, eu queria volta para trás mas algo me fazia andar para a frente, algo me dizia para seguir o meu caminho...e as lágrimas corriam-me ...
Nada podia fazer...lembro-me de olhar para uma torneira de água e caia pequenas gotas de água suja, o choro duma criança....estava ali uma mensagem nisto tudo...mas não decifrava essa mensagem, queria ir-me embora mas algo me segurava os ombros e me empurrava para a frente...era triste e mau...
Assombrava-me e eu andava por ali...e de repente sentia-me a andar às voltas a passear no mesmo sítio montes de vezes...
O Sol estava a meio céu mas com muito fumo à frente, mal se via...eu rezava...
De repente senti-me a passar num caminho que ainda não tinha visto e olhei em frente...
Pior o cenário..pessoas encostadas à parede sentadas e a gemer...e nisto havia um caminho no meio delas que era o caminho que eu tinha que passar...eu passava e tocava-lhes na cabeça e as lágrimas corriam-me cada vez mais...
instantaneamente ouvia uma voz dentro de mim a dizer:
-"Segue o teu caminho"...
Eu não queria, queria ajudar aquelas pessoas mas algo mais forte empurrava-me...e eu continuava a sussurrar rezas para mim...em direcção ao Sol eu Caminhava...sentia que quem me empurrara não era mau mas que apenas queria mostrar-me algo que eu nunca tinha visto...as ruas foram desaparecendo e quando dei por mim..já andara sobre brita seca com mato dum lado e do outro e em direcção a não sei onde mas sempre a rebobinar o espaço em que passara...
As vozes calaram-se a cabeça fechou..e eu adormeci..com as lágrimas nos olhos...

(Caros leitores, quero vos dizer que isto não é espalhar más vibrações, apenas foi uma pequena "visão", triste que tive. Senti que aqui tinha uma mensagem ao qual ainda não sei o significado.)

5 comentários:

Sasha disse...

Tudo isto existe.
Não são más vibrações...São pedaços de realidade que juntas-te.

(leitora viciada)

Sasha disse...

Desculpa desiludir-te amigo.
Mas o meu nome é Sasha.

Só por curiosidade, essa Joaninha, é escritora?

Sasha disse...

No problem :)
Mas gostava de saber com quem me confundes, respondendo á pergunta, a pessoa escreve? (desculpa a teimosia)

Encontrei o teu blog através de um motor de busca bastante conhecido ;)

GOOGLE (risos)

Mas o teu blog, esse já tinha descoberto há algum tempo, mas como só a pouco criei o meu...

Rosie Dunne disse...

concordo com a sasha, nao sao más vibrações, é a vida!.. por vezes nem tudo é alegre e feliz... mas só assim também tem piada, nao é? :)

Elisabete disse...

excelente o teu blog.