Ora hoje são...

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Time and Time again...#1

Tempo de puder esperar tempo de ir e voltar.
Tempo para nada tempo para tudo..
Tempo chuvoso tempo de Sol...
Grandiosamente foi provado que o tempo é relativo...sinceramente estas ciências ultrapassam a minha capacidade e os meus quase nulos conhecimentos. Mas sinto tempo.
Observo no meu relógio de pulso que não tenho, o olhar das pessoas para o tempo que elas não vêem. tempo de fugir e de não dar tempo para as coisas acontecer. Há tempo para desistir mas não há tempo para elas lutarem.
Afinal qual é o valor do tempo. Se há tempo para umas coisas, porque não há para outras?
Se podemos parar para olhar para aquilo que fizemos de errado e concertar, porque continuamos a fugir do tempo e dizer ao próximo ponteiro do relógio que não houve tempo para fazer aquilo que queríamos?
Com tempo vou escrevendo este texto ao sabor do meu chocolate quente...
Ups..o meu relógio estragou-se...o tempo parou e agora não tenho tempo para arranjar o relógio e o tempo lá fora esta mau para ir arranjar o relógio. Nunca há tempo...NÃO!?
Há tempo...variado e constante, sobre formas matemáticas, e números irracionais. Três ponteiros e números queriam o que para muitos é uma prisão. Vive sobre um tic tac...e saber que têm uma incógnita de tic tacs para cumprir o seu dever.
O tempo está lá....entre cada tic tac...podemos fazer o que nos entender de forma ordenada....
A Música, a mãe de todas as minhas inspirações...
funciona entre tempos...um principio e um fim....
mas o segredo é saber aproveitar os tempos e encher conforme o meu estado de espírito...saber que enquanto um Músico entre o tempo 1 e 4 faz um coisa e eu saber que posso fazer mais, é uma percepção do qual eu me sinto orgulhoso de ter.
Bebo mais um bocado de chocolate  quente enquanto o tempo passa....as letras saltam-me entro os dedos do teclado para o ecrã em forma de palavras que são regidas pelo meu consciente.
Dizem que o tempo nunca chega....eu não sei mas quanto a mim eu vejo o tempo todos os dias...em forma de vento, sol, chuva, dia, noite, frio, quente...
uns correm atrás do tempo e outros andam à sua frente....
Saber parar para escutar o tempo..hum..parece-me bem...
ouvir só o tic tac?! Não...ouvir o que ele nos diz na verdade...tempo de fazer o que nos vai na cabeça....sentir cada grão de areia a cair do relógio de areia...
limitar o nosso próprio tempo..um erro crucial..que todos nós temos a mania de fazer...pois queremos tudo de uma vez e já nos esquecemos que o tempo é contado não a partir do dia mas sim da Meia noite....
Querer tudo de uma vez e esquecer-mo-nos que tudo leva tempo.
Tempo é o Mestre


Ele ensina...e dá-nos as grandes chapadas dos erros que cometemos ao longo das nossas vidas.
Mas qual tempo?
O tempo....
O tempo pelo que nos deixamos controlar pelo egoísmo de não dar-mos tempo ao tempo para que ele possa curar aquilo que estragamos.
Tempo de querermos crescer depressa e nem apreciarmos o Sol que sobe e desce todos os dias.
Não damos valor ao tempo que a pequena árvore demorou a crescer...
O tempo que aquele beijo possa ter demorado...
para mim aquele beijo é uma eternidade...para outros pode ser uns meros e escassos segundos.
O tempo de pensar em coisas entre a minha inspiração e expiração é tanto que por vezes afogo-me dentro dos meus pensamentos e esqueço me de respirar o ar que me vai dar mais tempo de vida. O ar que é a minha droga e que sem ela eu morro..mas é engraçado que é com ele que como passar do tempo vou morrer.
As minhas mãos no teclado escrevem com a calma e serenidade que é preciso e dou um pequeno espaço a minha cabeça para que o tempo arrume as minhas ideias e me sopre a próxima letra para completar a fase.
Onde é que gastar tempo para realizar os nossos sonhos é uma falta de tempo?
Porque gastar tempo a desistir se posso gastar o mesmo tempo a esperar....
Esperar é perca de tempo?
Bem...custa esperar mas não é perca e tempo, pois ele tem o seu timming...não foge.

Tempo
Tempo para ter um orgasmo....rodopiar e destruir tudo à minha volta....rasgar a minha cara com um sorriso e rodopiar sem cair no chão...
Ouvir ecos na minha cabeça....juntos com uma melodia de baixo...
Viajar sem fim..onde o tempo não existe.....onde posso acelerar quando e como eu quiser....
o tempo de crescer e de espalhar a sabedoria e a música...
tempo de queimar...
tempo de puder gritar quando quiser sem que os três ponteiros me prendam...
Gastar horas a olhar para aquela menina loira que me completa a alma e que com os seus cabelos me faz cocegas no rosto...
tempo de agarrar a minha irmã e dizer o quanto a amo.
tempo de não olhar para o relógio e fazer o meu tempo...
Tempo de olhar para os céus e sentir as lágrimas a correrem me o rosto enquanto ando aos saltos.
Tempo de parar e ver o tempo a passar à minha frente e eu dar-lhe palmadas nas costas e dizer-lhe que não tenho tempo para o seguir...porque agora estou à beira do rio com este tempo maravilhoso e a contemplar o meu chocolate quente.
Ter o meu tempo de me sentar no banco do parque e envelhecer rico de energia e feliz...Olhar para trás e ver as amrcas que deixei no tempo e as rasteiras que ele me pegou.
Ter o meu tempo para ser o que uma nação não consegui ser...Livre e viver em Paz.
Não vendo tempo...eu crio o meu Tempo.


Entre o princípio e o fim do compasso....faço a minha composição musical, o meu fado, a minha vista. Erguer os Meus braços para o meu publico, e fazê-los arrepiar com o meu tempo...
Erguer os meu os meus braços de cima do meu palco, que é a minha vida e fechar os olhos....fazer gritar a multidão...
Puder um dia ter tempo para dizer e escrever aquelas palavras que nunca escrevi...
Gastar o meu tempo acompanhado ou sozinho a olhar para o infinito....
Apreciar a meiguice das crianças traquinas....
tocar e partir o tempo em dois....atrapalhar os compasso e fazer o tempo tropeçar sobre o meu tempo....
No final disto tudo olho para o relógio e vejo que em tão pouco tempo fiz tanta coisa que agora fico com tempo para fazer nada....
ter tempo de contar as histórias da minha vida ao tempo...dizer-lhe o que já aprendi...Perguntar-lhe o meu próximo tempo de crescer e aprender.
Com isto vocês perdem o tempo a ler este texto e pergunta-se o porquê de estarem a gastar o vosso tempo...

41 comentários:

simplesmente eu disse...

Olá Iuri, como é bom ler aqui os teus textos, é um tempo precioso! ;-) bjs

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

brigada amiga..é sempre bom ter te no meu blog:P

Isa disse...

adoro as mudanças do teu blog :P e este texto, que belo tempo meu amigo

Rita da Maçaroca disse...

Andamos em noites de inspiração irmao... :)
O tempo nunca irá limitar nada nem ninguém. Só acrescenta ponteiros ao ritmo infernal de uma vida...
Nao gosto de pensar no tempo. Se pensar, este passa e eu nao aproveito as dadivas que me oferece...

Beijinhos*

jo disse...

Tu e as tuas sempre grandes palavras, tu e os teus tempos.
Tempo, é a falta que muita gente tem para ser feliz.

adorei o que li :)

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

ritica..o tempo é danado:)

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

isa..es a minha cumplice de escrita

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

jojo...es demais

incógnita disse...

Claro que nao fico chateada =)

P i i ♥ disse...

Todos temos tempo para aquilo que queremos. Às vezes queremos tudo de uma vez e esquecemo-nos que tudo leva tempo, grande verdade!

katie. disse...

Sabes que durante anos não usei relógios de pulso? Sentia-me sempre controlada por algo superior a mim... o tempo... e isso incomodava-me... Faz sentido? =/

Piper disse...

Oh, eu não costumo ir muito para esses lados... Não tenho muito tempo para falar por aí. Desculpa :/

Pure disse...

Entrei aqui a convite e não consigo saír. Palavras hipnotisantes, sons apaixonados, sabores eróticos e côres de praia e verão...
Estas palavras podiam ter sido roubadas da minha alma para me descreverem, na pressa com que quero viver e sentir:
"Querer tudo de uma vez e esquecer-mo-nos que tudo leva tempo."
Na minha bisca eterna por Zion, a terra prometida de sonhos, paz, amor e fé, andarei por perto, para te ler, sentir e escutar.

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

hehhe piii:P

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

katie...o melhor ainda ta para vir

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

oh pure que lindas palavras amiga

Piper disse...

Oh, não tens mal nenhum nenhum (:
Desculpa também...
Oh, mas gostava também de saber dicas e mais dicas :D

Beijinhos (:

ritt @ disse...

adorei :)

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

bigada ritita

Megan disse...

Agora finalmente que tive um pouco de mais tempo para poder ler com calma os teus textos, digo-te sinceramente que vale a pena "perder" tempo a lê-los. São magníficos.
E na verdade, para mim o tempo é sempre tão escasso, parece que o tempo está sempre a correr para que chegue a tempo do próprio tempo. Eu não sou boa a organizar-me no tempo, penso que desperdiço-o um bocado, por isso não ter tempo para outras coisas que precisam de ser feitas com mais tempo.
O tempo é que nos comanda, não exactamente, mas é ele que nos controla, cada TicTac é um segundo, um segundo que será minuto, e depois se acumulará em horas, horas que para mim passam num abrir e fechar de olhos. Ando sempre a correr, e ultimamente parece que não tenho tempo para nada. Quero aprender a organizar o meu tempo, para ter tempo para o que realmente é importante.
Beijinhos

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

oh megan brigada

P i i ♥ disse...

Obrigado pelo comentário (:
Pois é, não adianta fugirmos. Porque todos temos um caminho, um destino. E esse, ninguém o pode mudar!

M.sunshine disse...

inspirado em ti? se fores a felicidade, esperança, amor, paz e união então sim, foi completamente inspirado em ti :)
nunca me tinha acontecido o que me aconteceu ontem, acho que agora compreendo muito melhor os teus textos amigo.

és fantástico *

Fernando Tavares disse...

claro que gostei Iúri, o teu blog esta exelente. :-)
Grande abraço

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

ya sunshine...senti isso...aind abem que viajas..

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

brigada fernando

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

piii..a vida é assim

Mary disse...

O meu comentário? Eu bem digo o blogger anda a gozar comigo so pode!
Tive de pôr novamente o template antigo, mas acho que ja esta bom, mas obrigada na mesma.
Eu ontem comentei, mas comento outra vez. Já sabes o que eu acho, cada um dos teus textos tem magia, transmitem uma siceridade, traquilidade inigualavel, é espantoso como transmites tanto estas lihas tao bem escritas por ti.
Parabéns.

A caixinha é para eu guardar todo o tipo de sentimentos, tristezas, magoas, alegrias, nostalgia, saudades, etc.. é so para isso.

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

oh maryyy

PorUmDiaEscritora disse...

Gostei bastante :) *

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

brigada escritora

P i i ♥ disse...

Há momentos que me dá para aquilo. São coisas da vida!

Luh disse...

aaaiii o tempo.
Realmente dá tanto pano para mangas.

Ajudou-me a ultrapassar fases complicadas,o tempo sarou feridas que eu sozinha que conseguia...

Por outro,foge-me de forma assustadora pelas mãos...

Vir aqui nunca é tempo perdido.

Beijinhos

L. disse...

Oh moço, eu perco-me aqui com tanto teexxtooo *.*
Ainda vou tirar um dia, e devo tirar mesmo para ler isto tudo duma ponta a outra!
Simplesmente, escrever nao esta nos meus pensamentos, porque nem sei se isso tenho, e se tenho não acho que seja nada relevante. There's a hole hiding my soul, if you could know what I mean...

Hoje eu e uma amiga minha, que tambem conheces, a isa,ela tem um blog, estivemos a falar de ti. Nao sabia que estavas numa escola de musica. UAAAAU :D
Isso deve fazer mesmo bem a todos que por ai andam...!!
Espero que te corra tudo bem, e qe continues com os teus journals muito mais inspirados que certamente as minhas crises existênciais. :p

@see u around :DDD

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

e vdd pii

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

luhh..o tempo vai e vemm

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

l...vais ter muito que ler..ahaha

ainda bem que gostas te

Mary disse...

Bem, antes de mais, quero pedir-te desculpas por raramente comentar o teu blog =)

Mas digo-te, estes teus textos sao qualquer coisa de bom. Consegues-me abstrair de tudo quando leio estes textos. E faz com que eu reflita muito. É bom, reconfortante.

Continua =)


bjoo

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

es uma desnaturada:P

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

es uma desnaturada

Patrícia disse...

amo, amo e amo! escreves de uma maneira tão doce,...!
não me canso de dizer: estou apaixonada pelo teu blog!

a m.sunshine é uma das minhas amigas de infancia, foi por ela que descobri o zion.

e sim, de certo modo sou uma rapariga apaixonada.

gosto de viver cada momento como se fosse o último e cada paixão como se fosse a primeira (:

beijinhos, jah bless ^^