Ora hoje são...

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

Pesquisar neste blogue

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Linda Cidade Mundo

Venham aqueles tempos laranjas. Tempos de cordas ao Sol, sentados na velha carrinha branca. Reduzirmos os nossos corpos à infinita pedrinha...a contemplar as chuvas de verão. A saudade daquela onda, daqueles tempos de um absurdo calor. Dias em que era tirado cada segundo para apreciar o sorriso dela e os seus cabelos.
Dias com a mãe e o pai e irmã a comer gelado como se nada fosse...
A vida é como uma nota música..
Soa bem e chama por mais
Ou Deus não me ouve ou então eu rezo baixinho....
Venham chuvas e calor tropical.
E lá vou eu rindo e vagueando pelas ruas como se a cidade brincasse comigo. Apreciando aquelas belas varandas e pequenos espaços verdes entre os cantos das cidades com beatas no chão.
Vou-me rindo ao olhar para o Sol e a Lua que lutam entre si para ver qual deles é mais bonito e qual deles é que me vai enfeitiçar esta noite.
Enquanto isso acontece no meu tecto chamado Céu, eu vou saboreando as luzes dos candeeiros no espaço. Sim as estrelas que me vão atirando flashes nos olhos e gozando com os meus pés tortos.
Bela Cidade..
Aqueles sábados chão por mim...sábados de praça cheia, sábados do povo de Igreja que vagueia com as suas preces e roupas de cetim. Sábados da bela volta no parque com um jasmim na mão. Um jasmim de calça de veludo branca, sandália castanha, colar até ao peito bem terra, blusa castanha escura e cabelos rasgando o ar impróprio para consumo. Lábios carnudos e sei lá mais o quê...
Sábados de gozar com a noite e o dia e deitar-me tarde à luz das velas e ao sabor de um chá de Marrocos.
Que bela cidade a minha, Cidade chamada Mundo...
Bola verde e azul pintada por um pintor que nunca ninguém o viu, outros nunca o iram ver pois Nele não acreditam, outros já viram em forma de pessoa, outros dizem que viram mas...
esquece....
Dias de quarto ao som duma rumba e laranjas e castanhos terra com verde e platina...
Flautas e pianos...shakeres e baixos bem grovados.
Quero...
Engolir terra e espirra sabedoria...Soprar e dançar aos olhos do macaco que veio da Baiha e me espera no canto enquanto a D. Maria cozinha aquela comida vegetariana para nós. Cozinha Quiabos e Lombi misturado com Pirão e pão de milho.
Sai daqui Macaco barrigudo....
Fala a D.Maria com a sua colher de pau na mão enquanto a panela deita água de fora e o macaco lhe deita a língua de fora.
Aquele meu pai...estranha pessoa calada e sábia...
Fala quando o ar menos espera ser respirado, acerta na muche e eis o Pedaço de Arte.
Aquele rapaz chamado Filipe, com o seu cigarro não mão rindo com os seus dentes brancos. Rindo com os seus olhos vidrados na pintura que irá pintar. Ele espera o momento certo...
Eis outro Pedaço de Arte...
E lá vem ela outra vez....vestido verde, e bege de alças....com a sua sandália castanha...sorrindo e parando o trânsito...
Oh chuvas de Verão...dão-me tantas saudades daqueles Invernos de chuvas frias e Primaveras onde fico a espirrar com o desabrochar do pó das plantas.
Aquele soldadinho sem uma perna que o rapazito leva na mão faz-me lembrar os meus velhos tempos de criança que sem ninguém me ver, os repito no meu quarto vendo os desenhos animados e rindo das macacadas.

"Á noite, aquele incenso chamando por nós dois em mais uma noite longa de risada no café da praia....Chama por corpos tontos"
Chama por um suspirar....
Viagens meticulosas aos domingos com trânsito à caça de estacionamento e lugar para bem estar para apreciar e a consolar o nada.
Dias de abrir as mãos até aos ossos ao som dos tambores falantes.
Para quê chorar? O Não posso nunca mais dizer que ... água mole em pedra dura tanto bate até que fura....

26 comentários:

Brid disse...

Hey :) Tudo bem? Os teus textos são mesmo diferentes, transmites uma paz de espírito e bem estar não muito comuns na blogosfera :D Transmites também simplicidade e amor pela Natureza e pelo mundo :)

Esse macaco barrigudo é engraçado ahah

m.sunshine disse...

oh meu doce, ando quase sem tempo nenhum. brilhante texto. temos que por as nossas conversas em dia :b

um xi-coração.

Liliana disse...

que textos lindos :)
sim, ainda recente. beijinho

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

ahah bird..es a maior

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

m sunshine...na boa tens todo o tempo

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

liliana...continua entao

Niqui disse...

belo texto .
obrigada pelos comentarios :)

- Jezebel disse...

"Soa bem e chama por mais": não podia concordar mais :) é exactamente isso +.+
beijos **

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

de nada niki volta sempre

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

jezebel...:)

Duas palavras, um ser .. chamado sara disse...

adoro os teus textos, exitem coisas aqui que me fazem recordar algumas histórias ou partes da minha vida (:
beijinho*

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

brigada amiga:)

♥ Dreamer disse...

Acho que já disse isto mas não há palavras para descrever o teu blog (:

Era tão bom que fôssemos todos como tu, que pudéssemos parar para olhar à nossa volta, fundirmo-nos com a Natureza, amar as coisas mais banais... (:

Adoro este cantinho, quando venho aqui leio tudo desde a última visita.

Fica bem*

s disse...

obrigado :D, ainda não tive oportunidade de ler mais textos teus, mas acredito que quando os ler vou adorar. beijinho*

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

dreamer,,es um amor..brigada

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

s tas a vontade

Pedro disse...

Porque escreves minimamente bem. É por isso. :D
Não tens que agradecer, gostei e vou voltar mais vezes. :)

sara disse...

obrigado pela força! :)

P i i ♥ disse...

Já à algum tempo que não passava aqui, realmente!

^rp disse...

1º-Está perfeito!
2º-Está encantador!
3º- Dá gosto vir ao teu blog!
4º-Sabe bem ler o que tu escreves!
5º-E terás sempre a minha presença cá!
BJX!
PS. Bgd pelos teus comentários. asério! ;)

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

bem..que comentario...brigada amiga

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

ai pii..andas desactualizada

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

de nada sara

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

brigada pedro

JOANA SOUSA disse...

E gostei mesmo do Blog :)
Transmite paz, está muito bom. Vou seguir.

Patrícia disse...

tenho andado a leste, desculpa amigooo!

os teus textos continuam a mexer comigo :')

"Oh chuvas de Verão...dão-me tantas saudades daqueles Invernos de chuvas frias e Primaveras onde fico a espirrar com o desabrochar do pó das plantas."

beijão♥