Ora hoje são...

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

Pesquisar neste blogue

terça-feira, 1 de junho de 2010

Variações de um Rebelde #11

É irónico puder nascer para depois me matarem.
É irónico puder escalar uma montanha e um dia, sem nada querer puder cair.
É seguro que um dia, tudo se varre em vão sem nós darmos por nada. Tudo é soprado por um pé de vento com sementes de girassol.
"Sinto-me um pouco de sorriso com um Sol entre cada espaço entre os dentes. Sinto-me ás vezes algo incompreensível e cheio de palavras com vontade de serem expelidas para o Mundo do nada"
Com isto ouço os lindo spássaros do paraíso, assobiando lindas harmonias e frases de cores. Pintando o som com sentimentos de tristeza e alegria.
Tenho dias em que a caminhada parece dura e as longas horas ao sol fazem-me desesperar e fazem-me suplicar uma quietude.
Tenho dias que só me apetece correr por vales e montes até esgotar definitivamente todas as minhas forças.
Há dias em que as vibrações das passadas pela calçada das ruas faz-me suspirar cantar.
Não desejo morrer cedo, mas desejo sim viver muito tempo.
Não desejo que a minha vida me traga coisas más mas sim que a minha Vida seja repleta de oportunidades para eu construir as coisas boas.
Não desejo cargas leves nas costas, mas desejo sim ombros rijos e fortes para aguentar com cargas mais pesadas.

"Há dias que a Vida é tão grande e a Paz tão limpa, que tudo  que fazemos é serenamente ar que todos respiram"

11 comentários:

Anónimo disse...

"Quando você nasceu, você estava chorando e todas as pessoas ao seu redor estavam sorrindo. Viva de um modo que, ao morrer, você seja aquele que esteja sorrindo enquanto todos a sua volta estejam chorando." =O)
gostei do teu texto =O)

m.sunshine disse...

«Tenho dias que só me apetece correr por vales e montes até esgotar definitivamente todas as minhas forças.» somos dois, e já tinha saudades de te compreender em mim. saudades de te ler, irmão. (:

Patrícia disse...

há dias em que quero correr o mundo de lés a lés e nem isso esgotaria as minhas forças, ha dias em que um simples piscar de olhos me deixa de rastos.. c'est la vie. :b

dos primeiros a dar-me os parabéns ^^* beijao amigo

jo disse...

Já não vinha cá a alguma tempo, amigo :) Mas gostei de voltar a ler-te!
Sempre com uma boa vibe, e com uma filosofia de vida, muito correcta!
Gostava de um dia conseguir alcançar metade, apenas metade, p'ra conseguir encarar os problemas de outra forma!


beijinho Iúri!

incógnita disse...

que frasee excelentee

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

obrigado anonimo

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

m sunshine.....tava inspirado:P

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

parabens patriciaaaaa

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

obrigado por nunca te esqueceres jo

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

incognita...cest la vie

» sereia, da flor branca e lilás « disse...

gosto do teu blog, tem Good Vibe.