Ora hoje são...

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Variações de um Rebelde #9

Hoje sou uma caravela rodeada de águas vivas. Ontem um ladrão de ricos.
Ontem recebi a notícia de um Rei Comandante para sair do meu Mundo.
Ontem, o Comandante crucificou o meu Amigo.
Sol quente...
Não quero morrer sozinho sem o meu vizinho...
Anda...
Manga, Goiaba e Pêra Abacate...
Hoje sou pescador Humilde que perde perdão ao peixe apanhado e escamado.
Amanha vou plantar uma gerebéra...
Lembro-me de me sentar e cabeça encostada à parede e dizer ao Sol bem baixinho
Á quanto tempo não te Observada..
Passeios sobre folhas secas e beatas de cigarros...
E de olhos fechados vejo um Jasmim despido...a olhar para mim....
Um dia vou, para bem longe...onde sete riachos e cascatas vão-se unir num só lago em forma de Oceano. Rica vida...
Vem relógios e andorinhas sobre ponteiros de Rosas dos Ventos.
Revelo a Rebeldia de um Ser Rei e Escravo Livre de um só ser invisíel e omnipresente. 
Vem o Leão...
História Literalmente escrita com sementes de um rapaz sentado com o seu pedaço de arte, contemplando um relvado verde e casas de dois andares. O dia nunca mais chega, mas a alma já lá está. Fui Viajante e Conquistador, Hoje Pobre e Feliz....
Histórias de Melancolias e pés descalços sobre aquelas terras vermelhas.
Os meus sete irmãos e irmãs a rir...O meu chapéu cómico e as calças brancas daquela menina. 
Já fiz tanta Oração ...já Pedi tanto a Deus para me levar aos sítios...Mas Meus Deus não ouve não...
Enquanto isso, levo um espanta espírito de conchas e um livro de desejos..levo um beijo e uma semente bem saudável para plantar no meu próximo campo de flores. 
O Sol raia no Céu como portas a rachar ao abrirem...
Espero, espero....
Salto e respiro....
Ando de um lado para o outro..
Um chá de camomila e um pão torrado...
Vem as vozes do meu ancestral e o sorriso é esborratado na minha cara. Tanta coisa pensada em apenas cinco minutos de sonho acordado encostado à parede.
No final vem a Luz e um som melancólico que dá vontade de dançar bem agarrado a Ela...
Aquela que parece uma estrela brilhante e que me responde de tão forma gigante que por vezes me assusto. Aquele seu brilho arrepia-me e pinta-me um nervoso nos pelos do corpo.
Ela que me diz...
Vai Rebelde...
Vou sim...retraçando arbustos secos e silvas afiadas. 
Sou louco e desafinado.Só rico sem um tostão....falo para eles meu Povo...mas eles não me ouvem não.
Vou comendo e rindo...
Vou cantando as claves e imaginando os ritmos nesta minha cabeça resumida a miolo de pão bem educado e amarelo como o milho.
Eles riem-se...
Enquanto o incenso arde à minha frente dou mais uma dentada e penso mais um pouco nas coisas que menos interessa aos anjos que eu vejo. Penso nas cores e construções matemáticas da Terra...
Penso no Barulho que sem dar conta, forma o som lindo e equilibrado com principio meio e fim.
Insisto a caminhar e a correr, que por mais ofegante que esteja e cansado, não paro. A vida corre-me e queima-me entre os dedos da mesma que quero agarrar.

Hoje bato chapa, malho Ferro, Vivo uma Paz
Hoje sou beijado e agarrado..,
Amanha quero construir um castelo...
Quero aquela terra Vermelha entre as minhas mãos castanhas escuras. Quero sujar-me de inspiração e dizer aquilo que tanto me vai na alma.
Sou cabana à beira do mar que treme com a tempestade tropical...tenho rede entre duas bananeiras e areia no quintal.
Vivo entre duas montanhas bem no horizonte longínquo...onde a Rebeldia do Fogo arde todas as noites contra a Luz da lua...arde e consome a madeira dada pela minha árvore...
Quando tudo isto está em brasa...
Fico a contemplar o meu jasmim branco, adormecido e enroscado na casca feia e áspera da cabana...Dorme tão profundamente..que não a acordo...
Pescador Viajado...Que Rebelde Fugitivo...que batuco irrequieto

20 comentários:

PorUmDiaEscritora disse...

Sempre bom de ler :) **

P i i ♥ disse...

Pois é, eu sou muito romantica e um pouco lamechas até (x Obrigada, mais uma vez :D

helena disse...

de nada, é um prazer seguir alguem que escreve tao bem, com tanta alma :D

Pedro disse...

É verdade. Há gente que me faz sentir assim. Inspirado. ^^

Patrícia disse...

tanta magia! *.*
oh amigo, só tu para me fazeres chorar... :')

"Fico a contemplar o meu jasmim branco, adormecido e enroscado na casca feia e áspera da cabana...Dorme tão profundamente..que não a acordo..."
também já voltei a sentir-me assim, apaixonada, como tu dizes ♥

(menina sortuda, esse teu jasmim)

Rita da Maçaroca disse...

E é assim que deves continuar. A ser beijado e agarrado, por aqueles que realmente te gostam e não por aqueles que lhes convem...

:) Beijinho mano

Girl in the Clouds disse...

Estive aqui a actualizar a minha leitura no teu blog e os teus textos são maravilhosos!! Kiss from the clouds

Eliete disse...

"Vem as vozes do meu ancestral e o sorriso é esborratado na minha cara. Tanta coisa pensada em apenas cinco minutos de sonho acordado encostado à parede."
Adorei :D

incógnita disse...

Execelente...

m.sunshine disse...

« A vida corre-me e queima-me entre os dedos da mesma que quero agarrar.» (suspiro) não há força mais sincera que a que os jardins que somos, juntamente com os jardins que nos acompanham, podem trazer. * paz irmão.

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

brigada grandes escritora

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

qual lamechas amiga...romantica para a frente

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

helena...brigada pelo elogio:)

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

ahaha pedro

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

patricia, chorar para que se o sol brilha e raia bem alto?

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

ritinha maninha saudades tuas

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

clouds...passa sempre

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

oh eliete muito obrigado volta sempres

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

incognita :)

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

paz irma