Ora hoje são...

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Viagens de um Sem Destino...#1

E lá ia o pequeno menino, na sua viajem por terras sábias onde o Sol e o chão se esmurravam e combatiam pelo calor inundado naqueles caminhos. Bem pequeno e magrinho, o menino cansado e de costas ao Sol, assobiava e lentamente trocava os passos com o Solo quente. Passeava e não sabia o seu destino.
Ele pedia prosperidade, pedia água...pedia uma noite fresca que desse para ele afundar os seus traços faciais para refrescar. Ele queria uma sombra, uma estrela para ele contemplar...
Terras sabias de Segredos, Misticismos, de Crónicas de grãos de areia e espaços entre os mesmos grãos.
Terras onde Reis e Comandantes passaram...
Terras onde eu agora me sento e escrevo sobre o Meu Povo...
Escrevo sobre um Espaço que outra foi queimado e destruído pela Inveja e queimado pela ganância.
Hoje vou transformar-me num menino e agarrar num lápis e ao som de cordas e shakers, vou viajar...
Vim um Leão, vi um jasmim, vi um milhão de caminhos, vi Música...
Escrevi páginas e um rebelde, bebi água da fonte.
Fiz viagens com o corpo no mesmo sítio....voei sem tirar os pés do chão...
Se houver Amor o Mel não se acaba....
Bebi chás, ri e dancei...
Quis o Mundo só para mim, mas agora o Mundo tem-me a mim nas suas mãos...
Ambos nos ajoelhamos perante algo transcendente a material físico e orgânico.
Deus...
Natureza...
Ar...
...
Quis ajudar o Mundo inteiro mas agora, é o mundo que me ajuda a mim...
***
Um dia o menino viajou,
riu e chorou,
mas naquela pedra se sentou, 
e ali apreciou...
A noite colocou-se mesmo à frente dele quando ele menos esperava. Abraçou-o de frieza e escuridão...
O céu com pena dele, automaticamente limpou os céus e naquele momento deu me uma estrela, um saco para levar às costas,um tambor, um livro e uma carteira com sementes.
Saco para levar as coisas boas e más às costas....
A estrela para orientar no caminho...
Um livro para a minha Vida...
e as sementes para deixar jardins de beleza por terras áridas...
O tambor para espalhar energias...

 Pela noite fora...Sobre Terras Sábias e escuridão imensa...
O pobre menino teve de fugir...
O Mundo revoltou-se contra os presentes qeu o céu lhe dera...
O mundo persegui-o...
O Menino Fugiu...
Souberam da sua vida, da sua mente sã...
O Mundo rugiu contra ele....
Por terras sábias ele fugiu.
Línguas malditas e olhos esfomeados de inveja...
O corpo dele não teve Paz...
Sua alma no mesmo caminho....
A Sua bendita estrela guio o seu caminho, e as suas ofertas foram com ele...as sementes colocadas e ninguém sabe o que deram...o seu tambor ressoou pelas brechas das árvores e do chão.
o Seu livro foi escrito, a sua saca foi ficando carregada...
Para onde vais menino?
Nunca mais ninguém o viu...Mas a estrela lá continua no céu...e as sementes a dar os seus frutos...

(Mudanças e novos caminhos. reflectiram-se um pouco aqui no meu blogue. Adicionei também a função de páginas e podem ver mais sobre esta pessoa que escreve no blogue.
Obrigado a todos os que continuam a acompanhar o Zion Pavillion.
Este espaço também é Vosso...)

43 comentários:

- Jezebel disse...

ahah, gosto do novo layout :D

helena disse...

estou sem palavras, que texto tão bonito e tão sentido.
quando entro no teu espaço, parece que entro noutra dimensão. sou completamente absorvida por toda esta paz de espirito!
parabéns*

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

OBRIGADO AMIGUITAAA

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

oh amiga helena...bem vinda...brigada espero qeu venhas mais vezes

emD disse...

este texto é um daqueles que sabe bem ler!

Jay disse...

obrigada pelo comentario :) adorei o blog, é bastante diferente. continua e volta quando quiseres :D

Catarina A. Araújo disse...

Obrigada (:
Mas tu sim estas de parabens, tens aí um optimo texto e grandes descriçoes, gostei mesmo (:

helena disse...

sim, ja tinhas passado pelo meu blog. a partir desse dia passei a vir ca e a ler os teus magnificos textos. e sempre que puder vou deixar a minha opiniao (:
mais uma vez, parabéns*

Né # disse...

Vejo que mudaste o teu blog. Está perfeito :)

Né # disse...

Quanto ao texto, não há palavras. Está magnifico como todos os que publicas aqui :)
Palavras tão bem conjugadas umas com as outras. lindoo :)

Rainbow disse...

O meu bolinho de aroz? Que fofito! :D

Mas por que o dizes?

Polegarzinha disse...

bom texto, bom blog :)

Rita da Maçaroca disse...

Porque as palavras nao chegam para descrever o q sinto quando t leio, deixo-te com um grande sorriso =D

Beijoca*

Patrícia disse...

antes era a Terra mãe que amava a menina mas agora é a menina que quer amar a sua Terra...
identifico-me tanto com os teus textos.. :')

parabéns amigo, jah love*


p.s. obrigada pela força ^^

Anna Molly ♥ disse...

Eu estive lá nas férias, mas adorei, tenho de voltar, definitivamente *-*

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

emd...brigada

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

esta combinado jay

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

catarina estas sempre convidada a voltar

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

oh helena desculpa

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

ne obrigada...

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

raibow...acho diferente e engraçado....

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

polegarzinha...digo o mesmo do teu

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

oih ritica......

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

patricia..jhah love

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

patricia..jhah love

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

anna...londres é muito bom

Débora. disse...

Bom texto :$
e obrigado pela tua opinião .$

Duas palavras, um ser .. chamado sara disse...

Obrigada pelo comentário :)
Tenho que ser bastante sincera acerca deste texto . O mesmo está fantástico, não sei porquê mas ao lê-lo faz-me pensar em algumas coisas . Da parte "Para onde vais menino?" isso recordou-me duma vez que me perdi e o medo de falar com as pessoas . Mas ao mesmo tempo adorei a história e vou continuar a lê-la ao longo dos tempos.
Beijinho*

- Jezebel disse...

então porque? :p

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

der nada debora..sempre de portas abertas

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

amiga ....vista sempre qeu quiseres

ana cristina disse...

que texto lindo :'O

**Kátia MaYa** disse...

Obrigado por teres ido vistitar o meu cantinho!
Retribui e a visita e agora vou seguir...AMEI SIMPLESMENTE o teu blog, adorei os artigos, a maneira como exprimes! :D

Parabens! :D

Muah!

Ivãnia Santos by DIAMOND disse...

Que texto lindo! amei...

Excelente blog aqui tem <3

» é a Cris disse...

Um texto de emoções.
Um texto que se lê e realmente Ey.
Escreves mesmo bem .

Duas palavras, um ser .. chamado sara disse...

visitá-lo-ei com frequência :)

AR * disse...

Está fantástico :O
Tens muito jeito para escrever *

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

ana cristina..bigada

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

brigada katya...volta sempre

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

diamond....:)

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

cris....vou escrevendo umas coisas mas brigada pelo elogio

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

sara..esta aberto

Iúri Zúluri Revel Regueiro disse...

ar....vem vem